segunda-feira, janeiro 21, 2008

TRAIÇÃO

Obrigada do coração a todos que se importam comigo, em dar-me alento e conforto.... os mais próximos e menos próximos! Não sabem como vivo de coisas pequeninas que me enchem a alma, todos os dias. Já quis desistir de vez muitas vezes e foram sempre os anónimos que me salvaram. Obrigada Amigos.

No entretanto, sofri um golpe duro e, seguindo a politica de honestidade que sempre tive aqui, vou partilhar - cada um ajuizará por si... ou nao!

Vou falar de Amizade: que não é forçosamente fazerem tudo por nós e aplacar todos os golpes do nosso "Amigo" só porque lhe chamamos tal - a Amizade também termina quando assim tem de ser ou nos obrigam a isso. E se nos é cobrada ou lançada a cara como bandeira para permitir tudo - está errado e per si a definição deixa de existir.
"Amigos são a família que escolhemos para nós!"
Mas até a familia nos dá pontapés....
Eu dou-me de alma aos meus Amigos, presentes e ausentes, mas se estou incapacitada e com compromissos que peço aos Amigos me ajudem a cumprir, nessa situação é que se vê mesmo quem está do nosso lado. Quando tudo é fácil, qualquer um é Amigo...
"É na adversidade que se conhecem os amigos!"

Tenho fantasmas de muita espécie no Passado e no Presente.
Já falhei muitas vezes. Já pedi desculpa tantas outras. Já fiquei só mais vezes ainda.
Sou igual a toda a gente, aos que tem um coração do lado esquerdo, porque nao basta ter coração!
Não vivo de aparências nem faço coisas para que se saibam, para iludir os olhos de quem passa - faço tudo de dentro ou nao faço!
E quando me recuso a fazer algo porque nao o sinto - dizem-me que nao cumpro, quando na realidade estou a ser honesta e a dar o melhor de mim - se fingisse que sentia ao cumprir estava a mentir. Mas poucos entendem isto, seja na vida seja no BDSM.
Toda a gente quer os filmes de BDSM como vem no ecra - nada falha.
Na vida é igual - a vitima do acidente é a que tem sangue nem que tenha causado ela o acidente.
Na minha vida, tenho sido a causadora do acidente (falsamente) porque nao sangro facil e nao arredo pé das minhas convicções - sei o que dou como Amigo e o que mereço - sou tolerante com futilidades, com compromissos e honra - nao!

E depois, fico sozinha, quando se retiram os destroços do crash e só fica sangue no chão.
Fico sozinha porque nao arredo pé - sou a ultima a desistir.
Ontem disseram-me que devia ter vergonha de perder um Amigo, se sabia o que era estar sozinha! Dei uma garagalhada misturada com lágrimas.
"Só nao sabe o que é religiao quem nunca esteve sózinho!"
Um grande Amigo meu, dos que mesmo longe nos fazem bem à alma, diz-me sempre "Estamos sempre sózinhos, a vida toda! Disfarçamos isso, mas nunca deixamos de estar sózinhos! Somos nós contra o Mundo!"
Eu recuso-me a acreditar nisso. Nunca estou contra o Mundo desde que ele nao esbarre em mim ou me queira engolir... Mas pessoas más antes de serem más Amigas, iss não perdoo. A Maldade gratuita em nome de "vinganças" e de "orgulhos" e de "razões" essa nao perdoo.

E este fim-de-semana fui vitima da maldade gratuita.
Por duas pessias que amava, apesar dos defeitos e das faltas e de muita coisa errada no percurso.
Sofri duas anestesias há 5 dias e não me devia enervar - mas nem isso foi evitado. E pus um ponto final numa suposta "grande Amizade" e passei a algoz em 10 segundos.
Doeu foi saber que quem me julgou e condenou era quem me devia conhecer melhor, e fe-lo sem sequer ouvir a minha versão. Não é a primeira vez que me acontece, nem deverá ser a ultima...
Infelizmente a vida é tão vasta que as pessoas perdem-se em tricas de mexericos e gossip, em vez de fazerem a sua vida propria.
"We shall never surrender" - disse o Churchill na II Guerra...

Há quem pense que ganha para manter a sua Razão, fazer o seu finca-pé e manter-se obstinadamente correcto, na sua definição. E se estiver errada? Se tudo que temos como garantido, for apenas uma ilusão? Perdi dois melhores Amigos em 24h - porque? Parecia que o seriam para sempre...
Um disse-me "não tenho vida para te aturar!" por outras palavras...
O outro disse-me "nunca estiveste cá para mim!", quando eu vivi para ele os ultimos 6 meses da minha vida, todos os minutos e segundos, mesmo que nao parecesse.
E voltamos as aparencias!
Todo o mundo vive de aparencias para mostrar aos outros.
Os egos revolvem-se nas certezas para mostrarem o que nao sao.
E sugam o que os outros tem e podem dar ate a exaustao...

Já estive sozinha no meio de multidoes, vezes demais.
Já estive presa em gaiolas douradas, a sufocar, vezes demais...
Mas fui livre ao lado dos meus Amigos, enquanto os sinto comigo, mesmo que tenha de lhes pedir desculpa por vezes.

Desculpem o desabafo.
A minha vida não é fácil.
Eu sou uma pessoa muito só e às vezes são os anonimos quem melhor entendem.

Vamos à vida que se faz tarde, e a morte é certa!
Não há tempo a perder.
"It´s just an illusion!"

6 comentários:

Exion disse...

És das pessoas espiritualmente mais fortes que conheço, capaz de segurar e virar do avesso o mundo na ponta dos dedos, com tantas partidas com que a vida te presenteou e todas as vezes que foste umas breves linhas no livro da vida de alguém, sempre saíste de cabeça erguida como se nada passasse de uma brisa que te enxovalhou os cabelos e tu com uma breve passagem de dedos os moldasses á sua forma natural com toda a simplicidade.
Sabes acho que deverias mesmo descansar e recuperar as forças, não é tempo de gerir sentimentos por muito que custe e eu sei que custa, quando alguém toca na ferida que estava supostamente a sarar e ela sangra novamente, mas ninguém consegue sarar várias feridas ao mesmo tempo e a prioritária neste momento tu sabes qual é.
Estava eu aqui a pensar cá para os meus botões, conheçes aquela expressão que diz:
"-Quando o bailarino não sabe dançar, diz sempre que o chão é que está torto!"
Se calhar só te calham é maus bailarinos.. e como dizia o ilustre Fernando Peça:
"-E esta hein..."
:)

Exiona disse...

"Grande parte da vitalidade de uma amizade reside no respeito pelas diferenças, não apenas em disfrutar das semelhanças. "
James Fredericks

A maior parte das pessoas não sabe valorizar o que é lhes dar a alma... mas não tens que te culpabilizar por isso, elas é que vão sempre ficar sem saber o quanto nos faz feliz ter alguem que se entrega totalmente a nós tal como nós fazemos. Digo nós porque como leitora do teu blog vejo algumas semelhanças na forma de nos entregarmos.
Neste momento acho que deves concentrar-te em ti e no que te faz sentir bem, porque tu és o mais importante, se os outros não te sabem preservar é porque não andam em busca de pessoas sinceras e simples e preferem viver num mundo ilusório.
Não és tu que tens que mudar... os que te merecem é que tem que te aceitar
Ah... e o presente de que falas ja é passado... utiliza a tua força para seguires em frente, usa em teu abono as palavras doces que tens para com os outros.

Beijinhos e as melhoras

Dominador1960 disse...

" Trair = retribuir a confiança depositada

in: "Dicionário do Diabo"
de:Ambrose Bierce

Pois....A Traição, sempre presente na Vida, ainda que geralmente associada a quem normalmente não é merecedora de tal vilania.
Eu, que até me considero tolerante, desculpo uma infinidade de coisas....até a traição....EXCEPTO quando ela é perpretada por um "amigo".
A "esses" Não Perdoo.
Seja como fôr, e compreendendo muito bem seu estado de Espírito e sua " Raiva", aproveito para lhe dizer, que em termos de recuperação desse tipo de Cirurgia, me pareceu um texto excessivamente longo....(espero que tenha tido ajuda para o escrever).....
Não se esqueça do que lhe falei àcerca dos Timings de recuperação.

Um Beijo e os Votos de rápida Recuperação.
Meus Respeitosos Cumprimentos a MestreDeAviz.

O Abafador disse...

LOLOLOL
A operação tormou-te muito modesta....

JoaoDeAviz disse...

A maior amizade é a daquele que, contra o proprio amigo se levanta, se acredita que isso é o melhor para ele. É preciso coragem , mas é necessario acima de tudo ser amigo para o fazer
Folgo em ver o apoio expresso por todos, tomara que no momento em que eu precise que me de não só uma palmada nas costas, como tambem um não se for isso em que se acredita, pois esse, mais que outra coisa, é na verdade um amigo.

Princess Yavanna disse...

Apesar deste post ser triste e desiludido, e bom ver que estás de novo com garra para sentir e escrever no teu estilo intenso, e, portanto, que as forças físicas voltaram.
Pode parecer um paradoxo, mas se calhar o sentir assim, intensamente, mesmo as coisas más, é um sinal de vida e de saúde.
A tua alma tem saúde, embora o teu corpo ainda esteja a recuperar.
Um grande beijo de melhoras :)
Y