sábado, janeiro 05, 2008

"As fêmeas humanas são criaturas muito ricas e maravilhosas. Sua vida sexual e suas emoções são sutis, complexas e profundas.
O homem que acredita que ter sexo com uma mulher é coisa tão curta e sem importância que caiba nos parâmetros de um plano horizontal, da mera estimulação da pele ou que os resultados provém da simples habilidade dos dedos é muito ingênuo. Os engenheiros da sexualidade são deploravelmente ignorantes.

Mesmo seus artistas e seus poetas têm muito que aprender!
As mulheres são imoderadamente preciosas. Elas são tão delicadas, tão bonitas, tão inteligentes e tão carentes. Nenhum homem até agora percebeu as dimensões do amor de uma mulher. Quem pode medir os horizontes do seu coração? Creio que existem poucas coisas mais reais do que aquelas que nos parecem totalmente intangíveis."

(Blood Brothers of Gor - John Norman)

1 comentário:

lone^wolf disse...

a mulher pra mim sempre foi e sempre será um tesouro a encontrar e a preservar (por muito que eu queira encontrar outra forma de a definir, não é possível mesmo...).
Só é pena não darem tenta importância...