sexta-feira, janeiro 04, 2008

Carta ao meu Dono...


"Quero dizer-lhe que adorei a sua conversa comigo…

Acho importante falarmos da hipótese de nos darmos a outras pessoas, na frente um do outro.

Sei que para si não é fácil e para mim também não seria, se não tivesse a certeza da solidez da nossa relação, do que sentimos um pelo outro e da força do BDSM como complemento e causa entre nós…

Com um parceiro em quem não confiasse eu jamais sugeriria uma partilha, daí que com Doms e Donos anteriores não tenha feito nada bem-sucedido com terceiros, à excepção de um…

Confio em si e no que temos o bastante para abrirmos um pouco a janela e deixarmos entrar amigos e cúmplices na nossa cabana de BDSM.

Estou feliz com o meu Dono e quero continuar e ter mais e melhor e dar mais e melhor.

O reconhecimento que lhe dão quando o apresento enche-me de orgulho e de vaidade, quando antes passava a noite a defender a instabilidade de Doms anteriores – não acha que está tudo dito? Pode ter dúvidas ainda? Eu não tenho; só preciso de mais algum tempo de mim para mim e o Passado vai embora de vez.

Afinal, as feridas profundas não cicatrizam de um dia para o outro, e as minhas têm mais de um ano….

Senhor meu Dono, eu não o vou deixar cair!

Continuemos a ser felizes, que é tudo o que quero – amá-lo na Dominação, na Amizade, na Cumplicidade, na Entrega, no SM, na Humanidade.

O resto vem por si…"




3 comentários:

lone^wolf disse...

não há palavras para dizer oque quer que seja...apenas mesmo desejar felicidades para os dois, que perdurem eternamente, Feliz 2008 para ambos
:D

Dominador1960 disse...

SEM PALAVRAS.....
Qualificar a Dádiva, o Amor, a Entrega, a Paixão, a Submissão, que estas palavras encerram, é no momento em que as leio, uma tarefa completamente impossível. Nunca conseguiria os adjectivos adequados .
Apenas me permito, expressar minha Admiração, e o desejo Sincero que a Vossa Relação, sirva de exemplo e se perca nos confins do Tempo.

JoaoDeAviz disse...

Queria agradecer aos dois, antes demais as palavras escritas, em meu e em nome da bondarina. De facto, é inqualificavelmente belo e gratificante uma relação em que se sente que todo o poder que uma sub tem a nivel da sua personalidade nos é dado, e é aquilo que sinto.
Quanto a ti bichinha, o unico reconhecimento, que como homem e dominador busco, é o de uma submissa que não se entrega facilmente, como é o teu caso.
Disse te noutro sitio, com as mesmas palavras ou quase, que não sou goreano, mas se fosse diria que és uma mulher pantera domada por um caçador de Gor...
Aqui, limito me a dizer muito simplesmente que me orgulho de ti, enquanto mulher e escrava de minha pertença, que inspira todos os dias a minha vida