quinta-feira, agosto 30, 2007

"Dá-me Lume "



"Chegaste com três vinténs

E o ar de quem não tem

Muito mais a perder

O vinho não era bom

A banda não tinha tom

Mas tu fizeste a noite apetecer

Mandaste a minha solidão embora

Iluminaste o pavilhão da aurora

Com o teu passo inseguro

E o paraíso no teu olhar



Eu fiquei louco por ti

Logo rejuvenesci

Não podia falhar

Dispondo a meu favor

Da eloquência do amor

Ali mesmo à mão de semear

Mostrei-te a origem do bem e o reverso

Provei-te que o que conta no universo

É esse passo inseguro

E o paraíso no teu olhar



Dá-me lume, dá-me lume

Deixa o teu fogo envolver-me

Até a música acabar

Dá-me lume, não deixes o frio entrar

Faz os teus braços fechar-me as asas

Há tanto tempo a acenar


Eu tinha o espírito aberto

Às vezes andei perto

Da essência do amor

Porém no meio dos colchões

No meio dos trambolhões

A situação era cada vez pior

Tu despertaste em mim um ser mais leve

E eu sei que essencialmente isso se deve

A esse passo inseguro

E ao paraíso no teu olhar



Dá-me lume, dá-me lume

Deixa o teu fogo envolver-me

Até a música acabar

Dá-me lume, não deixes o frio entrar

Faz os teus braços fechar-me as asas

Há tanto tempo a acenar



Se eu fosse compositor

Compunha em teu louvor

Um hino triunfal

Se eu fosse crítico de arte

Havia de declarar-te

Obra-prima à escala mundial

Mas eu não passo dum homem vulgar

Que tem a sorte de saborear

Esse teu passo inseguro

E o paraíso no teu olhar

Esse teu passo inseguro

E o paraíso no teu olhar"


Jorge Palma - 1989

6 comentários:

DOMINADOR1960 disse...

Jorge Palma.." Poeta Urbano...Trovador errante ".
Uma alma e uma sensibilidade imensas..Um POETA musical, mais que um músico poeta.
Sempre presente, ainda que por vezes intemporal, como todos os que sobressaem pela sua genialidade.
Gosto também muito desta, que aqui partilho...

Um Beijo..
Com Uma Viagem Na Palma da Mão
Agarras-te à hora
Em que o tempo não passou
Mergulhas nas cores
Que a loucura te emprestou
E quando te vês para lá do espelho
Encontras a solidão

Descobres o Mundo
De quem tem pouco a perder
E sobes às estrelas
Que ontem não podias ver
E perdes o medo de estar só
No meio do multidão

Tradições
Atrás de contradições
Fizeram-te abrir os olhos
Podes dizer:
Eu... sou

DOMINADOR1960 disse...

A ti..." submissa " que " buscas o teu eu e o teu caminho ".
Posso desde já garantir-te, que neste mundo e neste meio...não será nada fácil.
Deixo-te aqui estas palavras, com conhecimento e aval de Minha Amiga Miss Libido, pois de outra forma não o faria, e desde já expresso publicamente a Miss Libido o meu reconhecimento e gratidão, pela sua Amizade e altruismo.
Ser " devoradora " de um dos melhores, senão o melhor Blog de Lingua Portuguesa alguma vez escrito por uma submissa assumida, já é de per si uma demonstração de interesse e bom gosto.
Eu próprio, procuro de novo o meu caminho e a minha quimera.
Lado a lado com minha procura, viajam as minhas angústias, incertezas, dúvidas sobre a minha capacidade.
Quem não as tem??????
A intensidade e até candura dos comentários que aqui "postaste ", em relação à tua procura despertou meu interesse.
Gostaria de a conhecer e quiçá trocar impressões e experiências.
Se assim o desejar, poderá contactar-me através do Fórum DOMINIUM.

" Sê o que quiseres, mas procura sê-lo totalmente."
Thomas Morus

Aguardo sua resposta.
Um Beijo.

DOMINADOR1960.

[submissa]C disse...

Obrigada aos dois pela "credibilidade" ...
Sim um caminho muitas vezes complicado, carregado de duvidas e incertezas, muitas mesmo...
Mas que devagarinho com paciencia, muita vontade de crescer, aprender e entregar-me , é possivel!
Tal como diz a Miss Líbido: "Não esperava, mas ancorei!", acredito que estou no bom caminho, vivendo um dia de cada vez, e com um Dono, sensivel, emotivo e acima de tudo muito amigo e paciente... chegaremos a bom porto!
Desejo também que encontre o seu caminho :)
cumprimentos, [submissa]C

MissLibido disse...

Em primeiro lugar, fico sem jeito com os vossos elogios - bahhhhhhhh, sou gente normal - os outros é que vivem cheios de medos e não sabem partilhar ;)

Em segundo lugar ao meu Amigo DOMINADOR 1960 pela referncia ao meu aval - que era desnecessária. Obrigada...

Last but not least - à [submissa]C e ao seu Dono - os meus parabéns e que as suas buscas e entregas sejam tão realizadas quanto a minha.
Há barcos e barcos - marés e marés, mas essencial é um bom timoneiro!

No que puder ajudar a ambos, nao hesitem. Há um email aqui no blog ou através do Forum Dominium, já que todos sabem k sou a bondarina! ;)

Resto de boa semana *****************

[submissa]C disse...

És gente sim... mas gente diferente!
Obrigada bondarina! ;)
************

"Eles riem-se de mim por ser diferente, eu rio-me deles por serem todos iguais."

S. disse...

Um dos grandes poetas da nossa musica .. num dos seus melhores poemas .. num grande blog como o teu, fica sempre bem ....

Beijos eternos ...