quinta-feira, março 17, 2011

THE END

Continuo a sorrir com os olhos e a alma lavada.
A caminhar com alguém do lado.
A aprender de novo a ter paz, sem cheiro a mofo no ar e nas paredes que foram brancas...
Quem agora me gosta, ouve-me sem pressa e com muita paciência, porque me sente a precisar de um THE END que nem isso tive. E é com a sua benção e apoio que o faço aqui, e agradeço, muito!
Para depois tentar voltar a rir...

Mas não significa que tudo passou, nem que fiz as pazes com a traição e a desonestidade, muito menos que é ou será fácil - apesar de ter deixado de alimentar as provocações de bastidores e nicks falsos, de gentinha e de homenzinhos a cheirar a perfume de mulher, depois de noites de bas-fonds e de mais personagens inventadas.

Não significa que não saiba que o que se dizia o que não era, previsivelmente, como ameaçou durante anos, espalhe que eu não esteja "bem da cabeça" - deve ser esta a expressão, aposto!

Na verdade ainda estou - mas tinha todo o direito de não estar, depois de chocada, magoada e usada por tanto tempo por alguem a quem dei tudo o que tinha, após saber que se andou a rir e a gozar com terceiros/as nas minhas costas, ao telefone, ao lado, inventando tantos pretextos e motivos de adiamentos e ausencias que me deixavam com pena dele, coitado - no meio de tão grande esgotamento inventado e levado ao médico.

Tenho pastas de emails e fotos e sms e muito mais porcaria que guardei religiosamente durante anos e hoje nao vale nada, mas que levaram parte de mim com o Tempo que se foi também. Isso dava direito a estar mal da cabeça hoje, também; mas nao é o caso.

Juras de amor - as/os outras também devem ter - e promessas eternas, planos de férias a curto prazo, viagens, as famílias de visita - sei lá; fantasias de quem não estava bem da cabeça julgo eu, olhando de perto agora... Isso levaria alguém a ficar muito mal do juízo, reconheço, no momento do embate. Mas nao é o caso.
E muito mais que, por nao ser igual e não precisar da sua fantasia da vingança e descer ao nível, fico por aqui...

Mas tenho de afirmar que - se eu vier a ficar mal da cabeça será apenas por não entender, por me bailar na cabeça o "porquê" de alguém viver mentiras atrás de mentiras non-stop, na idade maior da II Idade, rodeado de Amigos e de quem o amava, visto como herói por ter vencido a maior batalha da sua vida, abanado para reagir por (fingir) estar morto - e não conseguir dizer apenas "vou-me embora" quando lhe disse tantas vezes "vá atrás do que o faz feliz!"

Não estou mal da cabeça e tudo o que digo posso provar, aqui ou noutro lado, mas hoje já nao importa - o que tenho visto e sei só lamento... com um tão profundo pesar...  
Mas que nao tinha de ser assim - não tinha.

Quem me gosta, limpa-me agora as lágrimas, nao as faz correr!
Instintivamente toco a púbis sob as calças de ganga e sinto o cheiro a carne queimada.
Podia estar mesmo muito mal da cabeça hoje, mas não é o caso!
Eu fiz tudo correcto e voltava a fazer tudo igual.
Sem medos, sem máscaras, sem me esconder, com e por amor!

Abraço-me a quem gosto e soluço.

bondarina
um adulto livre

THE END

3 comentários:

honey disse...

Em frente Maria menina que se faz tarde :)
Parabéns pela coragem.Só quem nunca "sofreu" é que não entende.
Não conheço nenhum dos dois pessoalmente, de facto, mas contra provas não há argumentos.
E deixo-te esta, para ti e para mim tb, e para quem leia e precise.

http://www.youtube.com/watch?v=4
qh_TKJTPsQ

safira[SS] disse...

Ola Bondarina agora sabes o que eu senti um dia, quando todos tambem sabiam e se riam nas minhas costas, mas nao estou aqui para sensuras, estou aqui para estender a minha mão e sim a honei tem razãp Thats life...e a vida segue em frente e caimos e levantamo-nos vezes sem conta, mas estamos sempre de pé, porque uma escrava submissa tem sempre coragem para se levantar...um beijo safira[SS]

Miss Libido disse...

Lamento que já tenhas passado pelo mesmo, eu não soube disso... mas é sempre triste a mentira e a dissimulação!
Num Meio dito Alternativo - Mentira e gente escondida são sempre pobres de espírito e quem se diz Dom e Dono e o faz são pobres coitados inseguros apenas. Cada vez gosto mais de submissos! :)