sábado, março 29, 2008

É meia-noite e meia e desde as vinte horas que o meu Dono viaja para se encontrar comigo.
Ainda não chegou e eu estou ansiosa.
Tenho a mesa posta, banho tomado, cabelo lavado e um toque feminino - acendi incenso no hall de entrada e tenho bons cheiros pela casa toda.
Velas acesas e luzes baixas.
No pescoço a coleira de todos os dias - um fio de prata com medalha, gravada...
Estou esfomeada dele, de me dar a ele, de o gostar nos seus desejos e vontades.
E ele acbou de me dizer em todas as chamadas que me vem jantar.
Se não é algo que nos faz feliz, nada fará...
Bem-vindo!

2 comentários:

DOMINADOR1960 disse...

Depois da leitura deste magnifico trecho de entrega, nada mais me resta que desejar a ambos que continuem a desfrutar de Toda a FELICIDADE do Mundo, e......
Bon Apetit.

Um Abraço AMIGO.

Kronos & Marion disse...

É bom não é? Toda a preparação, para tudo esteja perfeito à sua chegada, o nosso ritual de beleza... a ansiedade de ver o tempo a passar... e o aperto quando finalmente se sente a chave na porta! E ali está Ele e encostamos a cabela no Seu peito e encontramos a PAZ. (marion)