quinta-feira, abril 16, 2009

A entrega!

Sou feliz na entrega!
Adormeci a pensar que é assim um estado de graça...
Uma espécie de bunker em tempo de guerra...
Um abrigo contra tempo invernoso...
O sítio onde estamos seguros e não precisamos de nos defender, porque nos sentimos protegidos.
Por isso a paixão, o enamoramento, o amor, a entrega, nos deixam vulneráveis, a dar-nos por inteiro... pois não sentimos que tenhamos que nos defender, há ali alguém que toma conta de nós... e isso é o céu.
Ser levado pela mão até uma nuvem e deslizar nela a olhar a Terra cá em baixo, pequenina, insignificante.
Sentir que nada nos pode atingir porque estamos seguros, protegidos, a salvo!
Gosto de me sentir a salvo, sem ter de me defender, de olhar por cima do ombro...
Preciso de me sentir protegida e cuidada e gostada.
Em estado de graça...
Sobre uma nuvem...

1 comentário:

Joao disse...

Gostei.
Uma especie de limbo, longe de tudo. Um ninho de segurança e afecto, onde uma alma se pode soltar das amarras da cultura social.