segunda-feira, março 27, 2006

"Os amigos...
Temos falado tantas vezes dos nossos parceiros em relações amorosas, mas nunca dissemos que os amigos são o alvo sistemático dos estilhaços. Ainda por cima, amigos um pouco (ou muito!) negligenciados durante paixões violentas, omnipresentes, decididos a não partilhar nada, espaço ou tempo. E os amigos não protestam, limitam-se a esperar o amor (por definição mais tolerante) ou a ruptura, ávida de ombros para chorar saudades e rancores. E lá aturam os nossos lutos pelo outro que perdemos e pela parte de nós que se recusa a deixá-lo. Ouvem, até à exaustão, rosários de queixas, silêncios teimosos, esperanças envergonhadas, tiritam debaixo do dilúvio k segue o outro. Os amigos proporcionam-nos o colo indispensável para sobreviver ao fim do Mundo, ou seja, no meu calão, para regredir e ficar enroscados até ganhar coragem para o "regresso à pista". Para novo round com a mesma pessoa ou para tactear outra relação".

"Lançámo-nos ao trabalho de tirar esqueletos do armário e fazê-los dançar, como aconselhava Bernard Shaw.
Digerir, o Passado não se esquece, negoceia-se..."


"O Sexo dos Anjos" - Júlio Machado Vaz

1 comentário:

L disse...

AMIZADE É ...
A verdadeira amizade é como a fosforescência: nota-se melhor quando tudo ficou às escuras.
(Tagore)

Nenhum caminho é longo demais quando um amigo nos acompanha.
(Autor desconhecido)

Acima de tudo, na vida, temos necessidade de alguém que nos obrigue a realizar aquilo de que somos capazes. É este o papel da amizade.
(Emerson)

Um tesouro nem sempre é um amigo, mas um amigo é Sempre um tesouro.
(Autor desconhecido)

A única maneira de ter um amigo é ser um.
(Ralph Waldo Emerson)

Amigos são aquelas pessoas raras que nos perguntam como estamos e depois Ficam à espera da resposta.
(E. Cunningham)

:)L