segunda-feira, novembro 17, 2008

Há alturas na vida de uma pessoa/escrava, em que o PC faz muita falta...

Andei sem PC e parece que fugi daqui mas não, sou um osso duro de roer - apesar dos cavalos que tentam dar coices sem terem patas para tanto ou das bestas que julgam saber mais do que na verdade sabem - ou seja, nada. E quando tudo isso se mistura com BDSM e a Comunidade Portuguesa resulta em lesmas moles sem rosto que envenenam, deixam ranho no caminho e nem servem para comer... invertebrados sem cérebro e sem rumo!

Mas isso é a parte que diz "aquilo que não me mata torna-me mais forte!"



Portanto, vou falar do e de quem vale a pena.

Tive um fim-de-semana sensacional, de melting point, de fusao, de realçar dos nós e dos laços entre mim e quem eu amo e me ama - o meu Dono. Our Own Private Gathering ... a dois!
E valeu a pena todos os segundos porque para se fazer uma casa é preciso alicerces e não começar pelos muitos telhados de vidro que andam por aí... em basta juntar agua e mexer!
É quase ano e meio de entregas e recuso e avanços e cada vez mais perto e cada vez mais juntos e cada vez mais fortes - apesar de tanta inveja, raiva e tentaçoes dissimuladas pelo caminho!
Sou eu, e ele, e quem merece ser Amigo com registo de propriedade garantido - o resto são más escolhas e gente que fica pelo caminho!






De resto, para quem se anda a interrogar - e a terceiros - o Projecto Dominium está bem e recomenda-se e preparem-se para a FESTA DOMINIUM BDSM / NATAL 2008, dia 13 de Dezembro, nos arredores do Porto; pormenores seguem muito em breve!




O moto continua o mesmo - "ou se faz bem, ou nao se faz" ou "quantidade nao é qualidade!" - de resto, quem já esteve presente sabe que não são palavras é um modo de estar!
Portanto, um mes cheio de trabalho para mim e uma equipa sempre renovada no Projecto Dominium, mas que vale a pena sempre - pelo que se tem feito e mudado e renovado...
Pessoalmente, vou tentar (com o Projecto Dominium) permitir que quem deseja BDSM Portugues numa bela festa de Natal "para mais tarde recordar", nao se arrependa...

Bute lá fazer BDSM e consolidar a Comunidade tão carente de diferença...!

2 comentários:

JoaoDeAviz disse...

O que vale a pena, e tu sabes o que vale a pena para mim.
O que gosto e aprecio e a tal "gathering" a dois, foi um abrir de algumas portas entre os dois.Pensando bem, é uma coisa bem mais significativa do que essa palavra algum dia posa poder conter em si. É nosso, é intimo, é mágico, e sem enfeites. Cru como a vida, doce como mel, e valioso como um tesouro que se guarda.

A Festa de Natal, com a alegria de gente junta, que se diverte e ri e deixa sair para fora, sem olhos baixos de constrangimento, a festa que é o BDSM.
E depois o resto, o fedor da traição, da pobreza de espirito, da maledicencia, das hipersensibilidades que de nada fazem um caso, um problema ou um drama, e que à sua sombra escondem o que não presta.
Haja paciencia, sanatórios e caixotes de lixo para tal....

lusitanis disse...

"Longe da vista longe do coração". Por vezes temos de desintoxicar. A privação, muitas vezes, é salutar, faz-nos dissecar e amadurecer impulsos.

Nada melhor que estar consciente daqueles que nos querem bem, não é para todos!

O empenho é sempre positivo, pode é não ser valorizado. Invejas e silêncios "ruidosos" provam que o dito empenho deu frutos!