segunda-feira, junho 16, 2008

De regresso...

Pois, estive ausente... mas voltei!
E mantive-me informada...

E não me canso de agradecer os cuidados do meu Dono e Amigos de à anos no BDSM que não mediram esforços a dar-me apoio na tristeza e na Saúde, mesmo que pouco visíveis; sempre com o cuidado de me entenderem primeiro e secundarem depois.

No entretanto, um pouco de tudo de mau que há em certos nichos desta Comunidade (que nunca disse ser perfeita)...

Desde oa ataques, sem motivo mas com propósito, de gente pequenina carente de atenção, em conjuras de uma suposta "perseguição"/"cabala"/"intifada" ao meu aniversário, passando por calúnias e mentiras e factos mal contados ou fora de contexto, até a uma indecente e injuriosa declaração dum ex-qualquer-coisa de quem fui 200% amiga sem retorno, alguém sem crédito nem aval... de tudo houve um pouco nesta minha ausência forçada por razões de saúde.

Devo acrescentar que o facto de posteriormente nao as comentar é intencional - há limites mínimos para a boa-educação, saber-estar, saber conviver e RESPEITAR!

Assim, terei de dizer aberta e claramente que lamento a existência dos fóruns temáticos ditos "sem regras" em público e com tópicos off-topico, mas que quem de direito (no meu caso, o Founder e Administrador)em PM e por interposta pessoa me mandou avisos para escrever o que ele achava correcto senao era banida! No entanto, aqui, neste blog, a mesma pessoa declara-se amiga e conselheira e no hi5 deu-me 5 de Irmã, apesar de não me atender as chamadas e, contrariamente à publicidade feita para enganar tolinhos no seu Fórum, nunca me deu qualquer tipo de parabéns pelos anos! É dificil entender o qe vai na cabeça de certas pessoas... a hipocrisia nunca tem fim e vale tudo em terra de cegos!
Uma ressalva: num forum onde não há regras e todos os tópicos estao off-tópico qual a razao para se banir alguem, como por ex. ao Green Eyes!? Porque vi lá insultos e ameaças bem piores e o mesmo founder apoiar e secundar a miserável participação dos seus amiguinhos!

Lamento profunda e solenemente a hipocrisia de quem no Passado se doeu com quem criticou a sua convivência pessoal com gente do meio e agora, me acuse de "privar" com determinadas pessoas, com um ultimato do género ou eles ou eu! Recuso-me a acreditar que aguém que encetou diálogo comigo por me achar honesta e parecida com ele (nada de tricas e mexericos e muita classe e nada de infantilidades), a quem eu ohava de baixo e sempre respeitei, compactue agora com infantis questincúlas de gente mal-formada e aparentemente sem vida própria, arrastando-me sem questionar para uma conclusão teatral de "guilty by association"!

Há ainda aqueles que se nao fazem não deixam os outros fazer e, sucessivamente, a chuchar no dedo e a fazer birras de bebé mal amado, se vão juntando a antigos "inimigos" na tentativa de preservar um titulo ganho e gasto à anos atrás, antes da pré-reforma pela falta de estamina e credibilidade! Esses que, sim, privaram intimamente comigo, em minha casa, onde tiveram cama, comida e roupa lavada e donde me ausentava para dar privacidade aos meus amigos em sessão e agora me apontam o dedo como se não me conhecessem! Tenho pena desses e recomendo - grandes doses de sexo do bom e espelhos qb..

Lamento que tudo o que tenho tentado fazer em prol da Liberdade de acção que deve sempre caracterizar o meio alternativo em geral, e o BDSM em particular, deixe um legado conspurcado para o que sempre foi meu único e verdadeiro objectivo: a formação da geração seguinte no BDSM (dentro do SSC mas também com civismo e maturidade) que, espero, se recuse a limpar a baba dos Gurus do Restelo.
Um aviso: usar menores como submissas pode dar cadeia!

Mas congratulo sem pejo quem faz e prova que é possível, ano após ano, reforçar que o meio Alternativo/Fetichista/BDSM está vivo em Portugal.
Não fui à ultima Gathering Party mas sei que decorreu bem e o denominador comum mais referido foi a presença em massa de anónimos, gente nova, curiosos ou adeptos beginners, mas respeitadores da filosofia BDSM.
Louvo a continuação da iniciativa que, tal como muitas outras menores ou menos anunciadas, no último ano permitiram que os praticantes nacionais de BDSM se emancipassem das comparações internacionais, e hoje pratiquem em público ou privado a sua afinidade, sem medo de serem discriminados.
Essa é a única e importante victória!
E se a última Gathering Party nacionalizou a liberdade de expressão no BDSM, todos os de boa-vontade e intenção e meios que tudo fizemos para tal, estamos de parabéns.

Mas há coisas que não se justificam!!
Não aceito que adultos doutorados se comportem como brats invejosos, a tentarem fazer festas temáticas em segredo sem conseguirem crédito, ou clubes semi-escondidos onde só os amigos podem ser membros, ou até estarem com happenings em desenvolvimento no Norte e virem a publico dizer mal da "malta do Norte", etc, etc, etc.
É, decididamene o outro lado do espelho!
Que nenhuma destas pessoas possa sequer sonhar que está a ajudar este meio a liberar-se e a tirar dele o que de melhor se poderia conseguir; desiludam-se!
Á verdade é que dividir para reinar num pequeno reino só conduz a pseudo-elites com umbigos debaixo do queixo!
Já nem falo dos mentiros públicos com nome assinado em tiragens nacionais, ou dos falsos amigos que tudo fazem para desunir gente sem tempo pra brincadeiras de garotinhos sem (ou apenas com?) Second Life!

Mas dou os parabèns a quem foi iduzido em erro e se retratou quando parou para pensar ou se sentiu usado, e regressou ao meio, sem sofrer pressões ou chamamentos, mas sem hesitar!
Aplaudo de pé!
Todos erramos ao crescer; mas assumi-lo é que é ser adulto!


CONCLUSÃO: O BDSM e o meio alternativo português estão bem e recomendam-se!
Porque cada adulto que se emancipou e deixou de esperar, envergonhado, que alguém começasse a noite, não importando onde nem como, se tornou adulto no BDSM!
A Liberdade começa em nós, nao termina em nó...
Está na alturade cada um pensar pela sua cabeça e brandir o seu próprio chicote; desistam de agradar a quem quer que seja, mas sim a vós próprios e desprezem os falsos, hipócritas e mal-intencionados que desaparecerão sem deixar rasto, rastejando...

Este meio está saturado de hipócritas, mentirosos e falsos - as maçãs podres no cesto, os que deviam dar exemplo porque em tempos eram famosos Alves de microfone na mão, estão ultrapassados pelo Tempo que demoraram a pregar ao seu umbigo sem se adaptar ao Futuro que já os ultrapassou.

De resto, a agenda alternativa/BDSM que se aproxima, seja no Porto, Coimbra, Lisboa ou Faro - poderá prová-lo!

Obrigada por me lerem.
Agora, pensem pela vossa cabeça e tirem as vossas conclusões...


PS: Sr.Founder do Forum Triskelliom - faz quase um mes que em PM lhe pedi que me desinscrevesse do seu forum, à qual nao tive resposta nem vi o meu pedido satisfeito. Para que seja publico - tendo o Sr. o meu nick e password, QUALQUER POST ASSINADO E PUBLICADO POR MIM NO SEU FORUM desde essa data, é mera violação de privacidade e quebra de sigilo,e DA SUA INTEIRA RESPONSABILIDADE! Boa sorte naquilo que faz - seja lá o que for... Cumprimentos!

3 comentários:

Anónimo disse...

Tendo em conta que tenho o teu user e password, tanto do forum como de outros locais á para já uns bons 5 anos, e nunca aconteceu alguma das coisas que aludiste, não percebo mt bem o objectivo da frase.
De qualquer das maneiras o teu utilizador no Triskellion está desactivado, não apagado ou banido de modo a que em qualquer altura que assim o desejes possas voltar a lá entrar (por meio do link de activação enviado aquando da criação da conta).

O resto... não tenho absolutamente nada a dizer, porque acho que não vale mesmo a pena...

Shortbow

MissLibido disse...

Infelizmente não é a mesma pessoa que era à cinco anos, nem eu...
A paciencia tem limites e a tolerancia também, quando as pessoas são facilmente manipuláveis. Terei sempre saudades dos amigos mas nao daquilo em que se tornaram sem respeitar a sua própria auto-integridade!
Boa sorte em tudo - vais precisar *

Anónimo disse...

Este país é estupidamente pequeno. Só isso explica a pequenez das pessoas que nele habitam e a forma como empolam toda e qualquer questiúncula e dela fazem o drama nacional e o seu mais recentemente adquirido cavalo de batalha. Coisas de quem tem pouco para fazer. Não há paciência. Deveis todos crescer, mas é...