segunda-feira, maio 14, 2007

BDSM em livro português no Feminino!

A jornalista Isabel Freire lança no próximo dia 15, na Livraria Bertrand no C.C. Vasco da Gama, o seu mais recente trabalho "Fantasias Eróticas - Segredos das Mulheres Portuguesas".

Trata-se da recolha de 95 depoimentos anónimos de mulheres portuguesas, entre os 16 e 60 anos, a responderem a 60 perguntas sobre sexualidade feminina, revelando fantasias, recalcamentos e desejos! As conclusões são variadas: 28% das inquiridas praticam cibersexo, 42% consome pornografia, vários relatos de abuso sexual infantil, quatro de violação consumada, três de tentativa de violação e 14 de situações traumáticas.
Como diz a jornalista de 35 anos em entrevista à Única de 12 Maio passado "São 95 anónimas, que na sua diversidade representam um puzzle de experiências sexuais vastíssimo. São virgens, solteiras, casadas, divorciadas, hetero, homo ou bissexuais, com muito desejo ou falta dele, com fantasisas exuberantes, praticantes de swing ou de sado-masoquismo, monogâmicas, poligâmicas, problemáticas, descomplexadas..."

Realce para o Capítulo VIII - "Dominação e Submissão" que começa com um excerto de um relato "As minhas fantasias têm mudado consoante as fases da vida, mas o elo comum, recorrente, é sempre o facto de me encontrar numa posição fragilizada perante os "violadores", opositores, Dominadores, de ser "a vítima" - num sentido elogioso da questão."
Seguem-se opiniões de sexólogos, psiquiatras e especialistas em geral e conclusões retiradas do único estudo sobre BDSM feito recentemente em Portugal por Ana Carvalhal e Patrícia Pascoal "O nível socio-económico dos praticantes de BDSM é médio-alto, as suas habilitações literárias maioritariamente de nível superior e, sexualmente, 71% são hetero e 29% bissexuais. Metade das pessoas defende que as práticas sexuais preferenciais estão mais associadas ás encenações e expermientação de papéis de Dominação e submissão do que ao coito ou à experimentação de dor física. Cada sessão de BDSM dura em média 2h30 e é praticada uma vez por semana.as mulheres são cerca de 10 anos mais jovens, mais frequentemente bissexuais, têm menos dificuldade em manter a excitação em contexto BDSM, iniciaram as suas práticas mais cedo do que os homens e estão mais frequentemente envolvidas numa relação amorosa com a pessoa com quiem têm práticas regulares".



Muito para ler e aprender e, principalmente a recolha da intimidade portuguesa no feminino, na primeira pessoa, sem medos nem auto-discriminação. Bons motivos para ler o livro ou/e conhecer a autora no dia 15, pelas 18,30h... com ou sem autógrafo.


"A fantasia é a possibilidade de transgressão"

Isabel Freire

3 comentários:

S. disse...

...quem como eu leu o relatorio "hite" ha quase 30 anos atras nao se vai surpreender muito ... mas louvo a iniciativa, vou ler de certeza.

Aproveito para mandar um cumprimento especial á autora e a ti como divulgadora de tudo o que é bom ...


bj

Volúpia disse...

Sem dúvida, um livro a não perder...

*******

enrico disse...

Just looked at your website and all I can say is: Compliments!!
Greetings from enrico, slave of Mistress Kate – Netherlands