segunda-feira, agosto 14, 2006






A noite amarrou-me à árvore e a nuvem chorou gotas de água enormes e grossas na minha cara.
A madrugada atou-me a vontade.
O Homem fez o resto!

2 comentários:

libertynus disse...

espero que te tenha feito bem...mereces...

Anónimo disse...

Em outros contextos, e até mesmo em outros post, houve cães a ladrar enquanto a misslibido passava na caravana.

Mais que uma passageira, a misslibido conduz uma das principais carruagens da caravana, comandada por quem ela confiou.

Não é facil viajar, não é facil obedecer, nem simples comandar. Mas a vida é feito de dificuldades.

O cães rafeiros, tomam a tarefa facil e barata de falar e ladrar, o que é bem mais simples que vivenciar.

Incomodam pois então os cães, porque o ruído é sempre ruído. Mas o ruído cansa, mas nao detem nem o carroceiro nem o comandante da caravana. São os ossos do ofício.

Se em outros locais, subgrupos de autoiluminados outsiders e newbies com egos superautoinsuflados dificultam algum conforto em falar abertamente sobre o grato prazer de comandar e obedecer, apraz saber que na casa da misslibido ela encontra o seu templo.

Continua. As dificuldades elevadas que encontras, apenas o são face ás tuas elevadas capacidades que elevam a bitola.

Celtis