sexta-feira, dezembro 30, 2005

A alma cheia...

Foi uma orgia de Amigos.
Uma noite cheia de contentamentos!
Uma data a celebrar no fim do ano em que somei mais Amigos.
Uns eram já conhecidos e leêm-me as rugas das mãos, outros ainda me tacteiam os olhos à procura de algo, e os mais recentes que chegam como uma fornada de pão quente, cheirosos.
Todos importantes porque estiveram lá, a dar e a receber.
Uma mão cheia de Amigos pode salvar um ano de ausências e de falta de pão.
Uma noite cheia de gente unida por tudo e por nada é o que dá sentido à vida que ninguém sabe o que vai exigir no minuto seguinte...


Parei em vários semáforos!
Atrasei assim a marcha e quando lá cheguei já tinha acontecido.
Nunca saberei porque vim pelo caminho mais demorado, mas o facto é que vim...
Minutos antes e estaria no acidente: dois carros - um capotado e ainda intocado, à espera da ambulância; metros à frente uma carrinha com gente para o mercado, destroçada, a olhar o chão. Polícia, luzes e piscas e destinos que se alteram por minutos que se param em semáforos, inúteis e desnecessários. A vida! Ninguém decide nada, tudo está previsto na cabala maior do Universo onde nos sentamos todos os dias em conchas de âmbar.

Uma orgia de amigos e o regresso a casa... de alma cheia, com o contentamento a sustentar a leveza do ser, a tal, por vezes insustentável.



BOM ANO 2006 A TODOS PARA QUEM OS AMIGOS FAZEM A DIFERENÇA!!!!!!

1 comentário:

TheVanilla disse...

FELIZ ANO NOVO AMIGA.

Beijinhos.