sábado, fevereiro 12, 2005

"Sexo Com Letra Maiúscula"

"- As mulheres excitam-se com as palavras, as imagens e os temas românticos. Entre as fantasias sexuais das mulheres incluem-se o afecto e o compromisso. As mulheres costumam recrear-se com as suas próprias reacções emocionais. E quando recordam o sexo partilhado com o parceiro, também nas suas características emocionais. A mulher, geralmente, interessa-se pela palavra, verbaliza com mais facilidade do que os homens as emoções e, ao falar, e acariciar o ser amado antes do coito, pode avaliar o seu temperamento e as suas intenções. Se a mulher verifica que o seu amado exprime afecto, julga que ele está disposto a ser um parceiro empenhado.
- Achamos que é um parceiro empenhado, mas será realmente?
- Depende, Alex. A maioria dos homens que têm relações múltiplas cai numa categoria intermédia. Nem mente, nem diz a verdade. Foge. Suporta a relação a três, quatro ou cinco, até uma das amantes ou a esposa conseguir levá-lo para o seu terreno. Os homens não dão o braço a trocer com facilidade. Esperam que sejamos nós a tomar a decisão (nós, mulher ou amante)..."

"As Outras - Falam as Amantes"
Mayte Ametlla (2004)

3 comentários:

ROBYN-HOOD disse...

Pelo respeito as proporções, de varios fantásticos visionários como Nietzsche, Freud e afins. Fica uma lição de que a função às visões antecipadas não é cumprir integralmente, mas sim ir numa direção de pensamento/realização, convergir na própria afeiçoão neessa mesma direção, apresentado pois um valor de um ideal intangivel e um valor paragmático de combate a certas barreiras. Barreiras essas com desespero, angústia, necessidade — nesse sexo partilhado não há palavras porque eles mal se conhecem. Mas há-de haver um momento em que terão de parar para conversar: é aí que começa o amor.... E onde e como é que se aprende alguma coisa sobre o amor ..., é com a sexualidade, a amorosidade, a afeição, a paixão, a sedução, o encantamento, o jogo amoroso....?? Daí, "A maioria dos homens que têm relações múltiplas cai numa categoria intermédia. Nem mente, nem diz a verdade. Foge" ..., porque não converge para esses valores de ideiais e paragmáticos!

lirio disse...

A generalização sempre leva ao erro. A questão sempre deve ser colocada em cada caso concreto e virada para o que cada um procura e os que dois querem na sua área de consensual idade… seja ela sobre que matéria for.

Saxonica disse...

Há uma frase feita que resume um pouco a intensidade deste excerto..."As Mulheres (Amante ou Amiga) falam sempre com o coração na boca". Será impossivel separar a emoção, o afecto, o paladar das palavras e de todas as imagens que nos percorrem a mente de quando houve o sexo partilhado com o parceiro, sendo este o ser amado ou não. A Mulher tem a capacidade de mostrar tanto com o toque, com o olhar ou simplesmente com a linguagem corporal o que lhe vai na Alma sem se sentir com isso menos MULHER!
Eu gosto de fazer sentir a quem partilha comigo a minha mais pura intimidade...O Prazer que me dá demonstrar as emoções, fantasias, afectos e quem sabe a possibilidade de um compromisso!

Talvez esteja errada...quem sabe!!